Reversão da Infertilidade Causada por Testosterona

testosterona

Para alguns pode parecer estranho que Testosterona possa causar infertilidade haja vista que esse hormônio é o responsável pelas funções sexuais masculinas bem como pelo desejo sexual. Contudo, alguns tratamentos médicos realizados com base na reposição desse hormônio assim como o uso de Testosterona injetável para melhorar a aparência do corpo podem ser prejudiciais para a fertilidade masculina.

Baixa Produção de Testosterona 

Quando um homem tem baixa produção do hormônio Testosterona apresenta uma série de problemas dentre os quais estão disfunção erétil, dificuldades para dormir, dores nas articulações, redução da libido, aumento da acne, dificuldade de pensamento, sensação constante de cansaço, maior acúmulo de gordura na região abdominal entre outros.

Para remediar esses problemas causados pela pouca quantidade desse hormônio são realizados tratamentos que buscam deixar normalizado o nível de Testosterona. A reposição desse hormônio seja por vias de tratamento médico ou então por suplementação é importante para a qualidade de vida, porém, se for feito em excesso pode ser complicado.

Infertilidade 

Se esse hormônio é utilizado em demasia pode causar problemas bem sérios como infertilidade. Isso acontece porque o aumento exagerado de Testosterona faz com que a glândula hipófise seja bloqueada. Essa glândula é responsável pela produção de espermatozoides. Com baixa produção de espermatozoides fica difícil a reprodução.

Nos casos em que o uso de Testosterona foi prolongado pode ser que não haja reversão do quadro de infertilidade. Então se você está fazendo um tratamento com esse hormônio com objetivos estéticos e deseja ser pai precisa pensar bastante a respeito, pois pode estar comprometendo todas as suas chances.

Quando é Possível Reverter 

Existe a possibilidade de reverter o quadro de infertilidade causado pelo excesso de Testosterona. Para isso basta suspender a fonte do hormônio no organismo, contudo, saiba que essa reversão pode demorar algum tempo para ser feita. Veja mais sobre Clenbuterol e entenda seus benefícios e efeitos. O tempo estimado pode ser de seis meses a um ano para que haja o retorno das condições de reprodução. Isso porque cada ciclo de espermatogênese (produção dos espermatozoides) demora 03 meses. Então é necessário esperar que um ciclo feche para que outro possa começar com contornos mais saudáveis e propícios para que ocorra a fertilização.

Para aqueles casos em que nem a suspensão do uso do medicamento com Testosterona resolveu para recuperar a produção de células de reprodução pode ser interessante procurar por uma clínica de reprodução assistida em que será realizado o tratamento médico adequado com o objetivo de ajudar o casal a ter filhos.